quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

PLANEJAMENTO DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA 2012

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA
ENGENHEIRO CALDAS – MG
Praça Isidoro Izaías Gonçalves, 46 – Centro – Fone: (33) 3234-4645 – Cep: 35.130-000 – E-mail: elizethpedagoga@hotmail.com

PLANO ANUAL DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA (2012)


I – INTRODUÇÃO
A ação do Coordenador Pedagógico predomina-se em um trabalho na qual a participação e integração do aluno, professor e pedagogo, aliada a uma dinâmica ativa e coerente constitui-se num resultado cujas linhas norteadoras corroborarão para um desenvolvimento eficaz em todo fazer pedagógico da instituição.
Como parceiro no processo de ensino e de aprendizagem e nas relações sociais, o trabalho do Coordenador Pedagógico é um dos elementos fundamentais na educação. Então, como articulador no desenvolvimento do ensino, torna-se imprescindível a elaboração de um planejamento claro e objetivo que vise atender as necessidades educacionais da rede municipal de ensino de Engenheiro Caldas – MG.

II – JUSTIFICATIVA
O ato de planejar é sempre processo de reflexão, de tomada de decisão sobre a ação; processo de previsão de necessidades e racionalização de emprego de meios materiais e recursos humanos disponíveis visando a concretização de objetivos em prazos determinados e etapas definidas, a partir dos resultados das avaliações. (PADILHA, 2001, p. 30)
A dinâmica do processo didático e do conhecimento que se ensina, aprende e (re)constrói na escola, solicita do Coordenador Pedagógico que incentive e promova o hábito de estudos, leituras e discussões coletivas de textos, tanto os que trazem subsídios aos conteúdos específicos, quanto os que ampliam e aprofundam bases, encaminhamentos e concepções do ato educativo de ensinar e aprender, que caracteriza a especificidade da escola e do conhecimento que deve ser garantido. Sendo assim, a função do Coordenador Pedagógico requer uma ampla e bem apoiada visão dos fundamentos, princípios e conceitos didáticos.
Propiciando o desenvolvimento do currículo da escola, visando o melhor e mais eficiente desempenho do trabalho didático-pedagógico e, obviamente, a melhoria da qualidade do processo de ensino e de aprendizagem, tem o presente plano a função de orientar e avaliar todas as atividades da prática pedagógica, dinamizando, facilitando e esclarecendo a atuação em rede da equipe pedagógica, junto a gestão administrativa, docente e discente da escola.

III – OBJETIVO GERAL
Promover necessárias articulações numa atuação conjunta com os profissionais da educação para construir alternativas que ponham a educação a serviço do desenvolvimento de relações verdadeiramente democráticas, oferecendo a comunidade escolar uma educação com qualidade, no intuito de formar cidadãos críticos e democráticos.

IV – OBJETIVOS ESPECÍFICOS
· Subsidiar a equipe pedagógica na elaboração e implementação do planejamento anual, propondo alternativas metodológicas a partir de reflexões coletivas.
· Estudar, pesquisar e selecionar assuntos didáticos e incentivar troca de experiências entre a equipe pedagógica.
· Promover encontros e reuniões com assuntos relevantes identificados a partir da observação e análise da educação da rede municipal de ensino.
· Identificar constantemente quais as prioridades da equipe pedagógica para prestar-lhes um melhor atendimento.
· Estimular o uso dos recursos tecnológicos disponíveis na escola.
· Assessorar e subsidiar a elaboração e implementação dos projetos desenvolvidos.
· Promover palestras e encontros com temas de interesse educativo.
· Estimular o diálogo aberto na solução de problemas, com vistas a sugestões no intercâmbio das relações.
· Acompanhar e assessorar na, aplicação, análise e reflexão dos resultados das avaliações diagnósticas internas e externas.
· Acompanhar e assessorar o desenvolvimento e avanço de práticas de ensino inclusivas nas escolas.
· Acompanhar e assessorar na implementação e funcionamento da sala de recursos.
· Desenvolver estudos de formação continuada da equipe pedagógica e docente (Projeto de Desenvolvimento Profissional Permanente).

V – CRONOGRAMA DE AÇÕES DO SERVIÇO PEDAGÓGICO
1- Elaborar o planejamento anual.
2- Apresentar o planejamento anual, calendário escolar e matriz curricular.
3- Elaborar e apresentar o cronograma de atendimento pedagógico, atividades previstas no calendário escolar, períodos de avaliação e entrega de resultados, realização dos conselhos de classe, entre outros.
4- Apresentar o plano de desenvolvimento profissional permanente da equipe pedagógica e cronograma de estudos.
5- Visitar as escolas para conhecer e acompanhar o desenvolvimento do processo educativo.
6- Fazer a análise do desempenho das escolas nas avaliações externas e avaliações diagnósticas internas e divulgar os resultados para toda comunidade escolar.
7- Participar no processo de enturmação.
8- Acompanhar e assessorar a equipe pedagógica na elaboração da avaliação diagnóstica e análise do desenvolvimento da turma. (IDEB)
9- Implementar planejamento para atendimento as crianças com NEE na sala de recursos.

10- Assessorar a equipe pedagógica em relação aos instrumentos utilizados para registros: acompanhamento da escrituração do diário de classe, relatórios, portfólio, etc.
11- Assessorar na organização e atualização do acervo de livros e periódicos da biblioteca pedagógica das escolas.
12- Incentivar e assessorar a equipe pedagógica na seleção de recursos didáticos para o ensino e aprendizagem dos conteúdos escolares.
13- Assessorar a equipe pedagógica no planejamento dos conselhos de classe de forma a garantir um processo coletivo de reflexão-ação sobre o trabalho pedagógico.
14-Assessorar a equipe pedagógica na identificação e planejamento para o atendimento às dificuldades de aprendizagem: Estudo de caso.
15- Coordenar e assessorar a equipe pedagógica e administrativa na reelaboração do RE e PPP. OBS.: Reelaborar Matriz de Ensino da educação Infantil.
16- Acompanhar e assessorar no desenvolvimento dos projetos institucionais e outros (Clube de Leitura, Sarau, Família na escola, Programa Semeando, Feira do conhecimento,).
17- Zelar pelo clima organizacional da equipe pedagógica e trabalho coletivo.
18- Promover palestras com temas significativos para toda comunidade escolar.
19- Através dos gráficos das avaliações diagnósticas, mapear as dificuldades dos alunos e capacidades não consolidadas para realizar as intervenções pedagógicas (PIP).
20-Interagir com a SRE e escolas da região.
21- Planejar e executar reuniões pedagógicas.
22- Coordenar e assessorar a elaboração do calendário escolar e Matriz Curricular, garantindo as metas estabelecidas na Proposta Pedagógica.
25- Coletar dados, através de formulário próprio, sobre estudos de assuntos pertinentes as necessidades dos mesmos, para a elaboração do projeto de formação continuada dos profissionais pedagogos para o ano posterior.
26- Controlar a frequência e permanência dos alunos.
27- Catalogar legislação pertinente à educação.
28- Acompanhar e assessorar as diversas atividades educacionais extra-escolares nos diversos projetos como: música, escolinha de futebol, guarda-mirim, ballet, capoeira, natação, taekwondo, etc.
29- Engajar os pais e a comunidade na participação do planejamento escolar como parceiros das ações e da educação dos alunos.


VI – ATIVIDADES RECREATIVAS
· Música.
· Ballet.
· Capoeira.
· Natação.
· Taekwondo.
· Escolinha de futebol.
· Guarda-mirim.
VII – ATIVIDADES CULTURAIS
· Família na Escola.
· Sarau – Projeto Leitura.
· Palestras.
· Festa junina.
· Projeto: Cultura empreendedora nas instituições de ensino.
· Feira do Conhecimento.
· Semana da Alimentação.
· Projeto Semeando.
· Comemoração Cívica – 07 de setembro.
· Comemoração Cívica – Aniversário da cidade.
VIII – AVALIAÇÃO
A avaliação consiste num trabalho progressivo e cooperativo entre a direção, equipe pedagógica e o corpo docente, integrados na identificação dos problemas que interferem no processo de ensino e de aprendizagem, para dar-lhe solução adequada.
Esta avaliação contínua e progressiva será realizada através de:
· Análise do plano elaborado, para verificar se os objetivos foram alcançados.
· Observação direta e indireta de todas as atividades desenvolvidas.
· Fichas de acompanhamento.
· Levantamentos estatísticos.
· Reflexão e conclusão.
· Análise dos dados coletados.

IX – HORÁRIO DE TRABALHO E AGENDA DOS ENCONTROS PEDAGÓGICOS

40 horas semanal e horário extra-turno quando necessário.
Encontro pedagógico toda primeira quarta-feira de cada mês.
Encontro de formação continuada toda terceira quinta-feira de cada mês.
Reuniões extraordinárias e atendimento individual quando necessário.

X – CONCLUSÃO

O alcance dos objetivos deste plano não depende somente da atuação da Equipe Pedagógica, mas também, do apoio da Equipe Administrativa das instituições escolares, da aceitação dos Professores, do desempenho dos demais funcionários, comunidade escolar, e ainda, do apoio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura.


Elizeth Gonçalves da Silva

Coordenadora Pedagógica

3 comentários:

  1. amei seu plano de ação. gostaria que vc postasse no meu e- mail (dora-martins2011@hotmail.com) pois esse é o gmail do meu filho.Modelo de algumas atividades culturais e feira de conhecimento. Obg. Um forte de abraço.

    ResponderExcluir
  2. Olá, gostei muito do seu plano de ação, se possível me envie no email:simonicri2@gmail.com algumas planejamentos sobre gêneros textuais, enfim tudo me interessa, Grata

    ResponderExcluir
  3. Amei seu plano de ação e gostaria muito de pedir um socorro! É meu primeiro ano como coordenadora da Ed Infantil ao 5o ano, EJA primeiro segmento, Mais Educação e Escola Aberta. Tenho muitas ideias e muita vontade de trabalhar mas estou completamente perdida ainda e gostaria muito que você me ajudasse com todo e qualquer material que você pudesse me enviar (alyne.vieira@bol.com.br) Desde já agradeço e muito! Abs

    ResponderExcluir