segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Relatório: Oficina da Língua Portuguesa - TP5 - Un. 20


GESTAR II – GESTÃO DA APRENDIZAGEM ESCOLAR

RELATÓRIO DA OFICINA PRESENCIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA

Elizeth Gonçalves da Silva
15 de agosto de 2009.

Segundo Silva (2007), “a prática docente é processo de ação e reflexão cooperativas”. Portanto, alterações impostas podem contribuir para que a mentalidade profissional do docente se desenvolva de modo inconsciente, oportunizando a interiorização da lógica do controle técnico como natural. Faz-se imprescindível tornar-se crítico e consciente das possibilidades, a fim de planejar e atuar na direção desejada.
Nesse sentido, pode-se salientar da importância do Gestar II para os profissionais do nosso município, pois a prática deste programa infere uma análise e reflexão profunda sobre o passar do ‘dizer fazer para o fazer’. A oficina da língua portuguesa, realizada no dia 15 de agosto possibilitou-me perceber o quanto os professores estão participativos e motivados. Estes testemunharam sobre o valor do programa em oferecer a teoria e prática de forma bem dinâmica e esclarecedora. Falaram também sobre o apoio e assessoramento em relação ao trabalho do professor na sua prática em sala de aula e sobre a interação e troca de experiências existentes nos momentos das oficinas presenciais.
Torna-se pertinente relatar que um dos professores disse até que não imaginava que esse programa seria tão bom, pois a maioria dos que já participou não teve uma seqüência e nem mesmo uma relação com a realidade do trabalho de sala de aula.
Cabe enfatizar o quanto esse encontro foi maravilhoso. A professora formadora iniciou com uma música: “passe em casa” sucesso dos Tribalistas (Arnaldo Antunes, Carlinhos Brow, Marisa Monte e Margareth Menezes) – a música explora de maneira inteligente e criativa a reiteração ou repetição. Após ouvi-la, passamos para o momento de troca de experiências vividas em sala de aula. Pode-se dizer que esse é um momento primordial, na qual ouvimos e trocamos experiências uns com os outros de forma bem prazerosa e participativa.
Dando continuidade à professora formadora prosseguiu com o estudo da unidade 20 do TP5, fez a correção de algumas atividades e realizou em grupo uma oficina prática com os professores cursistas. Esta atividade de grupo possibilitou um momento muito bom de interação e participação.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário